O taxista Wilton Borges Rodrigues, 33, estava insatisfeito com os lucros de taxista. Levar as pessoas de um canto a outro da cidade, não é uma das atividades mais lucrativas, além de ser bastante enfadonha. Por isso, ele decidiu inovar e ampliar os serviços, botando um pouco de emoção em sua vida. Wilton passou a fazer disk-droga e usar o táxi para fazer as entregas de maconha, cocaína, oxi e pasta-base para clientes Vips. Ele começou ganhar mais e a sentir aquele friozinho na barriga, de estar fazendo algo proibido. Ele havia recuperado a alegria de viver, mas infelizmente, acabou preso por tiras da Força Tática, na rua Dona Mini, no Morro da Liberdade, zona sul de Manaus, durante a madrugada de terça-feira. O bichinho estava com 27 papelotes de pasta-base de coqueine dentro do táxi Ford Fusion. Ele disse que era para consumo próprio, mas mesmo assim, acabou preso.  Ele foi encaminhado ao 1º Distrito Integrado de Polícia (1º DIP), e autuado por tráfico de entorpecente.

Posts Relacionados