Já estressado, um maluco de 43 anos, não aguentou as pressões de sua mulher, de 27 anos, grávida de um mês e a massacrou barbaramente, na madrugada de terça-feira. Depois de extravasar todo aquele sentimento ruim, ele foi preso e levado à Delegada da especializada em Crimes contra a Mulher (Deccm). A bronca se desenrolou na rua Nossa Senhora de Fátima, no Bairro Santa Etelvina, Zona Norte.  A grávida chegou em casa, de madruga, querendo passar desapercebida, mas o maridão estava acordado e já foi aplicando uma sequência animalesca de tapas, socos e bicudas. Um dos golpes fulminantes atingiu a boca da infeliz, espocando-a instantaneamente. Ainda injuriado, ele a puxou pelos cabelos e a arremessou na parede. Depois a deixou trancada em casa, para que refletisse sobre seus atos. Uma hora depois, a mulher conseguiu fugir do local e denunciou o maridão.  Depois de pagar uma fiança, o bonitão foi liberado e quer ter uma conversinha com a amada.

Posts Relacionados