Um grupo de 17 presos considerados os “cabeças” do massacre que resultou na morte de 58 detentos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) e Instituto Antônio Trindade, todos localizados na RR-174, embarcaram em um voo especial da Polícia Federal, tendo como destino os presídios de segurança máxima de Mossoró (Natal) e Mato Grosso.

O deslocamento dos presidiários que já tinham sido transferidos do Compaj para fazer exame de corpo de delito, antes do embarque, foi realizado sob forte aparato de segurança até o Eduardinho, seguindo para o saguão do Eduardo Gomes. De lá eles foram conduzidos até a aeronave da Polícia Federal.

Na chegada ao aeroporto, parentes e amigos já aguardavam o grupo que seria transferido. Não se sabe como, mas os familiares foram informados sobre a transferência. Do lado de fora, mães choravam copiosamente e até comentavam que a transferência foi o melhor para seus filhos, que agora estarão mais seguros.

Os internos embarcaram em uma aeronave da Polícia Federal por volta de 13h.

Veja a lista dos detentos que foram transferidos:

  1. Janes do Nascimento Cruz
  2. Cláudio Dayan Felizardo Belfort
  3. André Said de Araújo
  4. Florêncio Nascimento Barros
  5. José Bruno de Souza Pereira
  6. Gileno Oliveira do Carmo
  7. Demétrio Antonio Matias
  8. Wilson Guimarães Fernandes
  9. Fábio Palmas de Souza
  10. Lenon Oliveira do Carmo
  11. Heliuton Cabral do Carmo
  12. Eduardo Queiroz Araújo
  13. Reginaldo Muller Neto
  14. João Ricardo Santos da Costa.
  15. Adailton Farias da Silva
  16. Márcio Ramalho Diogo
  17. Rivelino de Melo Müller

Posts Relacionados